Pet South America apresenta novo método para castrar cães machos

A esterilização química é cerca de 70% mais barata.
castracao quimica Pet South America apresenta novo método para castrar cães machos
Castrar os animais de estimação virou uma questão de consciência, já que a superpopulação, principalmente de cães e gatos, é um problema sério. No primeiro dia da Pet South America, em São Paulo, foi  apresentada uma nova alternativa : a esterilização química.
Trata-se do Infertile, um medicamento que provoca a perda da capacidade reprodutiva de cães machos sem a necessidade de corte e anestesia. ”Se aplicado na quantidade correta, que varia de acordo com o tamanho dos testículos, uma única dose do produto causa infertilidade em 100% dos animais em até 30 dias, com impacto na líbido e efeitos irreversíveis”, afirma o veterinário Ricardo Lucas, da Rhobifarma.
Para eliminar qualquer tipo de dor ou desconforto do animal foi desenvolvido pela Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Unesp (Universidade Estadual Paulista), campus de Botucatu (SP), um criterioso estudo que gerou um protocolo de aplicação. ”Cerca de 30 minutos antes da esterilização com o Infertile deve ser ministrado por via intramuscular Meloxican na dose de 0,2 mg/kg ou Acepromazina na dose de 0,025 mg/kg, ambos medicamentos de uso comum e baixo custo”, esclare o especialista.
As agulhas utilizadas são ultrafinas (as mesmas para a aplicação de insulina em humanos). Nos testes realizados com esses protocolos não foram identificados sinais significativos de dor que obrigassem o uso de analgésicos adicionais.

Polêmica

Muitas pessoas têm receio que o método possa causar câncer ou tumores a longo prazo. Segundo o veterinário, Ricardo Lucas, existem diversos estudos na literatura científica mundial que afirmam que o zinco (principal matéria-prima do Infertile) trata-se de um componente não carcinogênico, não teratogênico e não mutagênico, ou seja, não causa câncer e nem mutações no DNA.
Ele conta também que um grupo de animais que recebeu Infertile há seis anos é acompanhado periodicamente por ultrassonografias e não apresentaram quaisquer alterações testiculares indicativas de neoplasia (tumor).
O Infertile, que já foi aprovado pelo Ministério da Agricultura, é fabricado pela Rhobifarma Indústria Farmacêutica, laboratório sediado em Hortolândia (SP), especializado em produzir injetáveis veterinários.  O Infertile, desde seu lançamento, foi aplicado em pelo menos 3 mil cães em 30 municípios brasileiros.
Atenção: É muito importante que a esterilização química seja feita por um profissional especializado. Só ele saberá a quantidade adequada e maneira correta de aplicação.

Vantagens:

  •  O custo da esterilização química é cerca de 70% menor do que a cirurgica. Atigindo todo público, inclusive a população de baixa renda, que muitas vezes não castra o animal por falta de dinheiro.
  • Com o produto, um procedimento que até então era cirúrgico passa a ser ambulatorial, ou seja, pode ser feito no consultório ou em campo (em campanhas de castração em massa, por exemplo).
  • A castração química mantém a estrutura anatômica do cão, já que os testículos não são retirados, fato importante para muitas pessoas, principalmente homens.

0 comentários: