Remédios perigosos para cães e gatos


Tomar remédio por conta própria pode fazer mais mal do que bem e (finalmente!) o Ministério da Saúde proibiu a venda de antibiótico sem receita – mas ainda há muitos medicamentos de venda livre que deveriam entrar pra essa lista. Mesmo cães e gatos correm até risco de vida se usarem certos remédios que são tóxicos pra eles: os efeitos colaterais vão desde falta de ar até coma e morte. Então nada de medicar o totó ou o bichano sem orientação veterinária, ok?
Medicamentos que gatos não podem tomar:
Paracetamol (Tylenol, Parador, Acetofen), benzocaína (Andolba), vermífugos, shampoos, sprays, sabonetes e antipulgas para cães, ácido acetilsalicílico (Aspirina, AAS, Doril, Melhoral),  azul de metileno, diclofenaco (Cataflan e Voltaren), ivermectina (Ivomec, Mectimax).
Medicamentos que cães não podem tomar:
Diclofenaco (Cataflan e Voltaren).
Medicamentos que cães só podem tomar com orientação veterinária:
Paracetamol (Tylenol, Parador, Acetofen), ácido acetilsalicílico (Aspirina, AAS, Doril, Melhoral).
Atenção: ivermectina (Ivomec, Mectimax) não pode ser dada a cães de certas raças (ou que tenham cruza com elas), como o collie.

0 comentários: