A Dog Bakery oferece produtos especialmente para seu cãozinho. Conheça essa padaria diferente e deliciosa


Texto: Rita Santander / Fotos: Vanessa Firmino / Adaptação: Rafael Trocatti
Os cães adoram os biscoitos da Dog Bakery
(Foto: Vanessa Fermino) 
A cena já virou rotina. Diante da vitrine repleta de guloseimas, a cachorrada baba, late alto e lambe os beiços. “Eles não resistem ao cheiro e, quando chegam, querem provar tudo”, conta Naelson Santos, proprietário da The Dog Bakery, a primeira padaria do Brasil especializada em guloseimas para cães. O negócio, aberto em 2001, foi inspirado no modelo de padarias para pets dos Estados Unidos e Europa e hoje conta com uma clientela fiel. “Todo dia, vem gente comprar algum doce ou salgado para o cachorro”, comemora ele. Na entrevista a seguir, Naelson revela os segredos por trás dos quitutes e conta como conseguiu conquistar o paladar canino.
Naelson Santos ao lado da vira-lata Raika, fã dos
produtos da Dog Bakery
(Foto: Vanessa Firmino) 
Por que criar uma padaria para cachorros?
Porque há uma necessidade neste mercado. Os donos de cães estão cada vez mais preocupados em oferecer produtos de qualidade para seus animais de estimação e, ao mesmo tempo, agradá-los com petiscos e guloseimas. Por outro lado, não é fácil encontrar, em pet shops, uma grande variedade de itens, como bolos, salgadinhos e doces especiais para esse público. Com a The Dog Bakery, nossa intenção é preencher essa lacuna e oferecer várias opções de petiscos para bichos em um só lugar.
Como tem sido a história da The Dog Bakery ao longo destes últimos 11 anos?
É uma história de sucesso, graças à nossa preocupação em oferecer produtos de qualidade e adaptados às necessidades dos clientes. Sabemos que não basta simplesmente produzir um bolo, salgado ou biscoito saboroso, o produto precisa estar de acordo com as restrições alimentares deles.
E como é o processo de criação das receitas da padaria?
Temos um zootecnista encarregado dessa tarefa. É ele quem pensa nas receitas e escolhe os ingreditentes. Durante a elaboração, um veterinário supervisiona todo o processo e cuida da qualidade e da validade dos produtos.
Alguns ingredientes não entram nas receitas?
Os cães têm restrições alimentares e não podem comer de tudo. Por exemplo, usamos farinhas e essências sob controle  e não utilizamos conservantes nem açúcar, porque são prejudiciais à saúde deles.
No dia a dia, quem coloca, literalmente, a mão na massa?
Temos cozinheiros e uma confeiteira que cuidam dessa parte. Na hora de assar uma torta ou confeitar um bolo, são eles que entram em cena e realizam este trabalho sempre com muito carinho.
Qual é a reação dos cães que visitam a padaria?
É muito interessante. Alguns ficam loucos, farejam muito e, se a gente deixar, querem provar tudo. Outros são mais desconfiados, mas, quando oferecemos um salgado ou um doce para degustação, eles rapidamente se rendem.  
Alguma pessoa já pediu para experimentar os produtos?
Sim! É engraçado ver a reação dos donos dos cães. Eles comentam que os salgados e doces são  muito parecidos com os das padarias tradicionais e, às vezes, pedem para provar. O sabor de um bolo para cães é muito estranho para o paladar humano?
Se você experimentar, vai notar que o gosto é um pouco diferente do que estamos acostumados, pois, entre outras coisas, não usamos açúcar. O mesmo vale para os biscoitos e sonhos. Algumas pessoas não gostam, mas quem decide, no fim das contas, é o cão.
Qual é o produto campeão de vendas na padaria?
São os biscoitos. Vendemos em pacotes com várias unidades. Os donos de cães gostam de tê-los sempre à mão, para agradar o animal ou para oferecer como petisco ou retribuição.
Há também opções para festas de aniversário?
Temos bolos de vários tamanhos e que podem ser personalizados com o nome do cachorro. Outra opção que sai bastante é o kit festa com bolo, quibe, esfiha e sonhos. Esse serve seis cães, então, dá para o aniversariante comer junto com os amigos.
Qual é a durabilidade dos produtos vendidos?
A The Dog Bakery é uma padaria artesanal e nossos doces e salgados duram de sete a 90 dias, dependendo do item. Por esse motivo, sugerimos que, no caso de um kit para festa ou de um bolo grande, o cliente faça a encomenda com antecedência.

0 comentários: